Notice: Undefined offset: 7 in /home/chef/public_html/topo.php on line 11
, 20 de Agosto de 2017
15-07-2017 | Walkiria Capusso

Eu com Você!


  • Imprimir
  • Compartilhar

Diante de mim uma bifurcação, sei que o meu caminho está além de um desses caminhos. Sei que em um dos caminhos há um pântano, nesse pântano há um monstro medieval com fome descomunal. A noite chegará em breve e preciso encontrar meu caminho antes do Sol se por. Estou no meio de uma floresta desconhecida e dizem que à noite surgem feras matando tudo que encontram pela frente.

 

A quem pedi informação apenas disse para eu ter cuidado com o pântano que há em uma das bifurcações, não me informou em qual estava o pântano. Pensei em seguir pelo caminho à minha direita. Caminhei alguns metros. O silencio era ensurdecedor. Se havia tanto silêncio não havia vida, não havendo vida, havia o monstro. Retornei ao meu ponto de partida. Tomei o caminho à esquerda. Caminhei alguns metros quando uma revoada de pássaros silvestres assustou-me. Se assustei-me, pensei, os pássaros se assustaram com alguma coisa. Imaginei o monstro do pântano despertando. Voltei ao ponto de partida. E fiquei alguns minutos em pé diante da bifurcação... Para que lado seguir, que caminho escolher?

 

Tal qual eu e a bifurcação estão os brasileiros hoje diante da possibilidade de escolha. Temer ou Maia? Em qual dos caminhos está o monstro medieval. Qual deles se alimentará de cada um dos brasileiros com fome cada vez mais voraz.

 

Vivemos um dilema. Não sabemos para que lado seguir, não sabemos que lado pender. Tudo é uma incógnita. Diante da bifurcação, pensei em voltar todo o caminho andado até chegar onde me informaram do que ia acontecer. E tudo leva à possibilidade de retroagirmos aos tempos dos militares do poder. Talvez seja a melhor solução para não ser abocanhado pelas feras noturnas, já que elas usam a noite para traçar vidas. Não sei se o melhor é jogar para o ar uma moeda... Se der cara fico com o caminho da direita, se der coroa fico com o caminho da esquerda, rezo uma prece para Santo Antônio, invoco a proteção de Iemanjá, grito por Oxóssi, escolho o caminho e o futuro, seja o que Deus quiser.

                                                                            

                                                                               Jorge de Azevedo, é poeta, escritor, palestrante.

 

                                                                                                (Che Fronteira – 15 Jul 2017)


Walkiria Capusso

Walkiria Capusso

Comentários (0)

  • Imprimir
  • Compartilhar

CONHEÇA NOSSOS ARTICULISTAS

Pedro Zadyr

Editor do Site de Notícias Chefronteira

Ramão Ney Magalhães

Fundador da FAMASUL e do Sindicato Rural de Amambai-MS. Foi Delegado Federal da Agricultura no MS. Produtor Rural em atividade

Fabrício de Souza

Fabrício de Souza

Walkiria Capusso

Walkiria Capusso