Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
10-10-2017

Suspeito pega ônibus na capital para transportar skank


  • Imprimir
  • Compartilhar

Um homem que não teve teve a identidade revelada tentava viajar entre Campo Grande e São Paulo com 22,9 quilos de skank, um tipo de maconha mais potente. Ele estava em ônibus interestadual da empresa Andorinha. O veículo foi parado na SP-270, Rodovia Raposo Tavares, na manhã deste domingo (8).

A blitz foi realizada no km 656, no município de Presidente Prudente (SP). Os policiais faziam ronda para combater o tráfico de drogas e deram ordem de parada para o motorista do ônibus.

O que chamou a atenção dos PMRs era que uma mala era de uma caixa de som com peso maior do que deveria. Estava escondido no local 40 tabletes de skank.

"A bagagem estava regularmente identificada por etiqueta e através dela chegou-se ao seu proprietário, o passageiro da poltrona nº 35, que recebeu voz de prisão em flagrante e ciência de seus direitos constitucionais", informou nota da Polícia Rodoviária Estadual.

O homem preso confirmou que tinha recebido a droga em Santa Cruz de laSierra (Bolívia) e deveria entregá-la em São Paulo. Ele o skank foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal de Presidente Prudente. O delegado Leonardo Nogueira Rafaini autuou o suspeito por crime de tráfico de drogas e apreendeu a droga. O homem deve passar por audiência de custódia na segunda-feira (9).

A polícia de São Paulo orienta que para denúncias, é possível fazer ligação para o telefone 0800 0555 190, no número 190 e também no disque denúncia 181.

 



  • Imprimir
  • Compartilhar